sexta-feira, 27 de outubro de 2017

DOIS CAVALOS

Na estrada de minha casa há um pasto e dois cavalos estão sempre por lá. De longe, parecem dois cavalos normais.
Um dia, porém, eu estava passado à pé e eles estavam próximos à cerca; foi então que eu pude ver que um deles é cego.
dois_cavalos_cego
Também reparei que o outro cavalo trazia preso ao pescoço um sininho, igual àqueles que se costuma colocar nas ovelhas.
O curioso, no entanto, é que o cavalo que enxerga é novo e poderia correr sozinho pelo pasto na velocidade que quisesse, mas ele sempre — parece — está cuidando do cavalo cego, mantendo um ritmo que o outro consegue acompanhar e se guiar pelo som do sininho. De manhã à noite, quando voltam para o estábulo.
O cavalo cego faz companhia ao cavalo jovem; este, lhe empresta os olhos.
“Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal” – Romanos 12:10
FONTE: http://www.sitedopastor.com.br/

MALA CHEIA

Resultado de imagem para MALA CHEIA
Certo jovem crente se preparava para uma viagem. Quando seu amigo veio buscá-lo, perguntou-lhe:
– Já arrumou suas coisas, vamos? Tudo pronto?
– Quase,
 respondeu ele, só falta pôr mais umas coisinhas na mala, e começou a ler uma lista:
* um mapa
* uma lâmpada
* uma bússola
* um espelho
* alguns livros de poesia
* algumas biografias
* uma coletânea de cartas antigas
* um livro de cânticos
* um livro de histórias
* um prumo
* um martelo
* uma espada
* um capacete
* …
A essas alturas, o amigo já estava apavorado: – Mas, cara, o carro já está cheio, não vai dar para você levar tudo isso!
– Acalme-se, está tudo aqui, e mostrou-lhe sua Bíblia.
Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça – II Timóteo 3.16
Autor: Desconhecido
Enviado pelo colaborador: Wilson B. Vasconcelos
FONTE: http://www.sitedopastor.com.br/

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Jim Carrey prega sobre salvação em Cristo em centro de recuperação

O famoso ator Jim Carrey fez um discurso recente sobre sua fé em Jesus Cristo em um ministério cristão que se dedica a ajudar na recuperação de usuários de drogas e ex-presidiários. Após ser apresentado pelo líder cristão que dirige o local, ele declarou: “Esta sala está cheia de Deus”.
Em seguida, afirmou que tem passado por momentos difíceis em sua vida nos últimos anos e que “o sofrimento leva à salvação.” Disse ainda que Jesus sofreu mais que todos na cruz, mas escolheu o caminho da submissão a Deus e o perdão e que todos deveriam fazer o mesmo.
Com o nome de Homeboy Industries, a organização visitada por Carrey fica em Los Angeles e seu foco é auxiliar pessoas que estiveram envolvidas em gangues. Além de oferecer ajuda com advogados, eles também pagam pela remoção de tatuagens com os nomes das gangues e auxiliam as pessoas a procurarem emprego e “começar de novo”.
“Vocês estão aqui e isso indica que estão tomando uma decisão: trilhar o caminho do perdão e graça. Assim como Cristo fez na cruz. Ele sofreu terrivelmente e deu tudo por nós, a ponto de morrer”, assegurou o ator em uma mistura de testemunho e pregação.
“Usar o sofrimento e transformá-lo em compaixão e perdão é o que abre as portas do céu para todos nós. Isto é o que eu desejo para todos vocês e eu quero isso para mim também”, assegurou, sento bastante aplaudido.
Carrey tem um histórico de envolvimento com drogas e deve ir a julgamento nos Estados Unidos pela morte de uma ex-namorada.
Embora ele não tenha vindo a público anunciar sua conversão a Cristo, o vídeo onde ele aparece pregando sobre Jesus tem chamado a atenção da mídia como um indício de que o ator teve uma mudança de vida recentemente. Com informações de Hello Christian

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/jim-carrey-prega-salvacao-em-cristo/

Homem levou 600 chibatadas pelo evangelho

Resultado de imagem para Homem levou 600 chibatadas pelo evangelho
O missionário João Marcos Florentino, da JM Missões Mundiais, publicou a história de um homem que, de acordo com suas palavras, levou 600 chibatadas após ser preso em um país de maioria mulçumana.
D., cuja identidade não foi revelada para não provocar danos à sua integridade, era professor universitário em uma universidade islâmica, dono de um supermercado, casado e com filhos.
“Foi justamente por seus estudos e discussões em sala de aula sobre o Corão e sua doutrina que várias dúvidas foram se formando em seu coração, especialmente as relacionadas ao Jesus. Sua maior questão era: ‘se os cristãos, judeus e muçulmanos reconhecem a Abraão como patriarca, porque os judeus não se tornaram cristãos, e os cristãos não se tornaram muçulmanos?’.”, disse João.
Ele procurou o líder de uma mesquita para auxiliá-lo nesta questão. O líder, por sua vez, o denunciou. D. foi condenado a um ano e seis meses de prisão, recebeu 600 chibatadas durante este período e, além disso, todos os seus bens foram confiscados, o que fez sua família passar necessidade.
João conta outros detalhes sobre a trajetória de D. “Para não morrer, teve que deixar a esposa e os filhos após cumprir a sentença e fugir para outro país. Ali, Deus o conduziu a uma igreja cristã, onde foi acolhido. Foi-lhe dada oportunidade de sair daquele país, mas decidiu ficar para continuar a estudar profundamente a teologia bíblica, mesmo que lhe custasse continuar separado da família”.
De volta ao país com uma Bíblia, D. passou a estudar a Bíblia com outras pessoas, mas um vizinho o denunciou para uma polícia secreta. Foi torturado por mais 20 dias. Depois de ser liberto, teve que fugir novamente e encontrou o apoio da instituição.
“A família e ele vêm sendo acompanhados por um de nossos missionários da terra no Oriente Médio, ao tempo que tem sido uma bênção para o Evangelho nessa região”, disse João Marcos.
com informações: gospelprime (http://www.gospeln.com/homem-600-chibatadas-evangelho)

Homem que declara ser Jesus Cristo atrai seguidores na África

Um homem chamado Omowole Isaac Omogoroye declara agora ser “o único filho de Deus” e o “esperado Jesus Cristo” que voltou para cumprir as profecias bíblicas. Em uma entrevista à TV local, afirmou que será próximo presidente da Nigéria e mudará o nome do país para “Nova Jerusalém”. Omogoroye não tem uma trajetória conhecida como líder no campo religioso nem no político, mas já está atraindo seguidores que acreditam em suas declarações.
Ele disse ainda que estava aparecendo em diferentes países do mundo enquanto os cristãos fiéis aguardam que ele possa “redimir o mundo”.
“Hoje estou aparecendo para o mundo inteiro como o único filho de Deus, que todos esperavam. Venho no novo, em nome de Deus, como testemunho da promessa vinda da Bíblia em Apocalipse capítulo 3, versículo 17 e também 2: 5, 2: 7 e 2: 1”, assegurou. 
O “novo Messias” enfatiza também que “Minha missão é alertar o mundo que Jesus Cristo está de volta”. Questionado sobre os alertas bíblicos sobre o surgimento de falsos Cristos ele se defende: “Estou aqui para decodificar essa parábola e mostrar a revelação. Eu sou o Jesus Cristo da qual a Bíblia fala”. 
Fonte:Com informações de Daily Post/http://www.gospeln.com/homem-que-declara-ser-jesus-cristo-atrai-seguidores-na-africa

terça-feira, 25 de julho de 2017

ESPERANÇA PARA OS PECADORES

Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus. Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus. (1 Coríntios 6.9–11)
Resultado de imagem para uma esperança para os homossexuais
Tais fostes alguns de vós. A igreja de Corinto, como as igrejas de hoje, tinha ex-fornicadores, ex-adúlteros, ex-ladrões, e assim por diante. Embora muitos cristãos nunca foram culpados dos pecados particulares listados, todo cristão era impuro antes de ter sido salvo. Todo cristão é um ex-pecador. Cristo veio para o propósito de salvar pecadores (Mt 9.13). Essa é a grande verdade do cristianismo: nenhuma pessoa pecou de maneira tão profunda ou prolongada que não possa ser salva. “Onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rm 5.20). Mas alguns tinham deixado de ser assim por um tempo, e estavam voltando ao seu antigo comportamento.
Paulo usa mas (alla, a mais forte partícula adversativa grega) três vezes para indicar o contraste da vida cristã com a vida mundana que ele tinha acabado de descrever. Mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificado. Não fazia diferença o que eles eram antes de serem salvos. Deus pode salvar um pecador de qualquer e todo pecado. Mas faz uma grande diferença o que um crente é após a salvação. Ele deve viver uma vida que corresponda à sua limpeza, sua santificação e sua justificação. Sua vida cristã deve ser pura, santa e justa. A nova vida produz e requer um novo tipo de vida.
Lavados fala de nova vida, de regeneração. Jesus “nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (Tito 3.5). Regeneração é a obra de re-criação de Deus. “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2Co 5.17). “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus” (Ef 2.10). Quando uma pessoa é lavada por Cristo, ela nasce de novo (João 3.3-8).
Santificados fala de novo comportamento. Ser santificado é ser feito santo interiormente e ser capaz, no poder do Espírito, de viver exteriormente uma vida justa. Antes da pessoa ser salva ela não tem nenhuma natureza santa e nenhuma capacidade de viver de maneira santa. Mas em Cristo recebemos uma nova natureza e podemos viver o novo tipo de vida. O domínio total do pecado é destruído e substituído por uma vida de santidade. Mediante a sua pecaminosidade carnal os coríntios estavam interrompendo essa obra divina.
Justificados fala de uma nova posição perante Deus. Em Cristo somos vestidos de Sua justiça e Deus vê em nós agora a justiça do Seu Filho, e não o nosso pecado. A justiça de Cristo é creditava em nossa conta (Rm 4.22–25). Somos declarados e, na nova natureza, feitos justos, santos, inocentes e sem culpa, pois Deus é “justo e justificador daquele que tem fé em Jesus” (Rm 3.26).
Os crentes de Corinto tinham experimentado uma transformação em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus. O nome de Deus representa a sua vontade, o seu poder e a sua obra. Por causa da submissão voluntária de Cristo à vontade do Pai, sua morte na cruz em nosso favor, e sua ressurreição dentre os mortos, ele fez provisão para a nossa lavagem, santificação e justificação.
 
Fonte: Sítio Grace to You (http://monergismo.com/john-macarthur/esperanca-para-os-homossexuais/)
Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto – janeiro/2012


John MacArthur
John MacArthur é um autor e pregador popular. Tem servido como pastor-mestre na Grace Community Church, em Sun Valley (Califórnia), desde 1969. MacArthur faz parte da quinta geração de pastores de sua família. Seu ministério de púlpito tem se estendido ao redor do mundo por meio do programa Grace to You e de seus escritórios-satélites na Austrália, Canadá, Europa, Índia, Nova Zelândia, Singapura e África do Sul.